quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A Alternativa Possível e Irrenunciável

A internet em geral com as suas redes sociais como o Facebook, o Club-k e os diferentes blogs existentes naquela rede são as alternativas possíveis para você jovem Angolano que vive reclamando dos políticos, dos problemas que o nosso país tem e da possibilidade de transformarmos o mesmo.



Você está desiludido com as velhas e funestas informações que encobertam os bastidores da política Angolana? Vinda do Jornal de Angola, da TPA e da Radio Nacional; a internet, o facebook e os jovens blogueiros ( Jornalistas ou não) angolanos deste pais que não perderam a esperança e que sonham como você, estão aqui para te ajudar e servir a você – dizer para você que acabou a hora de sentir medo de tudo, que ninguém está acima das leis e da democracia só por ser Presidente da República ou família, primo, irmão ou amigo do mesmo.


A internet não é um brinquedo para crianças ou de jovens que não têm nada para fazer, ela é uma alternativa possível com que a nossa era conta para podermos continuar a sobreviver (lutando) e sermos digno num mundo de tantas injustiças, mentiras e safadezas. É uma alternativa, igualmente, para os angolanos, para enfrentarmos o regime corrupto de José Eduardo dos Santos, que há mais de trinta anos vive enganando os angolanos e governa o país como se fosse uma de suas Quintas ( no Brasil em Angola ou em Portugal).

Você jovem, aí sentado, agora não pode simplesmente reclamar do futuro, porque o que não falta nos nossos tempos são instrumentos capazes de poder transformar o mesmo.


Vem aí as próximas eleições, ninguém precisa saber de que lado você está, você só precisa fazer uso consciente do seu voto, mas para isso você precisa, sim, se informar, debater e participar nos debates. E qual é o cenário de tudo isso? Está aí o Facebook, o Club-k e todos os outros sites que você poderá adotar para manifestar suas ideias e ir atrás da boa informação, e, finalmente, ter certeza de quem está mentindo ou não. E assim saber fazer o uso do seu voto. É ele que te dá um certo poder como cidadão diante dos políticos corruptos. É com este voto que você vai puni-los!

Nos temos certezas que você é desses que acredita que a corrupção pode destruir um país, acabar com as suas instituições, também temos certezas que corruptos podem vestir a camisa de qualquer partido como aquele que temos lá em cima que até hoje ninguém descobriu o que ele é. A única coisa que ele faz é aparecer com a camisa do MPLA quando tem comícios. Este tipo de militante Angola está cheio deles. Mas será que eles são os mais preparados e os melhores para dirigirem o nosso país? Será que eles só estão aí de maneira desinteressada? Será que eles estão em condições de evitar mais uma guerra entre os angolanos ou será que devemos acreditar eternamente neles só porque são os vitoriosos circunstanciais de certas batalhas?


Angola precisa de todos nós. E não merece que a voz de alguém, por menos potente que seja, seja abafada para se salvar a dignidade dos corruptos. Estes hoje estão com tudo no poder, mas se nos unirmos, se formos conscientes e bem informados, eles serão insignificantes diante dos desejos de todo um Povo.

Angola precisa do MPLA, sim. Para se livrar dos corruptos, não acreditamos que no combate a corrupção o MPLA deve estar distante desta luta. Mas para isso, você militante do MPLA ou não, em vez de usar só a camisa do seu partido do coração, tem que ter a coragem e sabedoria de afastar o que há de mais podre dentro deste partido: o corrupto.


Este sujeito, por incrível que pareça, tradicionalmente, ele não precisa ser e nunca foi seu inimigo em combate. Ele geralmente se apresenta como o melhor dos militantes. Mas afinal de contas o que é militância, num contexto da democracia, é sair por aí na perseguição de adversários partidários ou políticos? Não! É claro que não. O bom militante, hoje e sempre, é aquele que faz questão de fazer com que os recursos do orçamento público cumpram seus verdadeiros objetivos: que é o de tirar milhões de angolanos da miséria. Garantindo a estes educação de excelência, saúde pública e empregos dignos em suas próprias Terras. Não haverá boa militância e partido triunfador de massas se estes requisitos não se cumprirem.


Nada que diga o Bureau Político do MPLA, o seu Comitê Central, a imprensa Estatal Angolana e os seus bajuladores, nenhuma vitória sobre quais quer tropas ou vândalos que traíram ou traem a Pátria, valerá; se ao menos um daqueles requisitos não se cumprirem.

E a nossa luta contra os corruptos, e de todos vocês jovens angolanos, será certa e verdadeira!

Nelo de Carvalho
www.blogdonelodecarvalho.blogspot.com
www.facebook.com
nelo6@msn.com

Nenhum comentário: